sexta-feira, dezembro 01, 2017

quinta-feira, novembro 30, 2017

Os Crimes de João Brandão (das Beiras ao Degredo)

“Quando abracei esta vida reprovada por todo o ser cristão e que nos coloca na posição mais ínfima, mais vil, mais repugnante da sociedade, foi porque a miséria me impeliu juntamente com a falta de caridade que encontrei no meu semelhante; o meu coração, contudo, não é desses ferozes que se vangloriam ao verem tudo nadando em sangue. Tenho aversão a isso e só na última necessidade, quando não nos possamos salvar sem lançar mão desse terrível recurso, é que aconselho a que se derrame. Além disso desejo que socorramos aqueles que ainda necessitam mais que nós. Tiraremos aos ricos, mas repartiremos também com os pobres. Com uma mão praticamos o crime, pois bem, com a outra pratiquemos a caridade: verdadeira religião cristã. Usarei de uns bilhetes com o meu nome e toda a pessoa que o apresentar a vocês deverá ser respeitada como se fora eu. Serei justo e imparcial para com os meus colegas. Eis aqui as minhas ideias e sentimentos, que desejo que sigam à risca.”

José do Telhado (in Souza, Rafhael (1874). A vida de José do Telhado, p. 26), apresentando as suas condições para aceitar o cargo de mestre, proposto pelos seus companheiros, aos quais pediu que jurassem em como se comprometiam a dar a vida uns pelos outros.

P.V.P.: 11,00 €
Comprar

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Nós, os Psicopatas

[...] Enfim, um verdadeiro manual de estudos avançados em Criminologia, um romance delicioso sobre as andanças do “Psicopatismo” e uma obra literária do mais fino gosto, tal é o rigor da escrita e do estilo, tão bem alicerçada na constante riqueza referencial, de uma miríade de autores maiores da “Coisa Criminosa” e não só.
Tudo isto pela mão do Professor Barra da Costa. Um verdadeiro Mestre (nosso, português e tudo) da Investigação e Ensino das Ciências Forenses e Criminais. [...]

Manuel Domingos - in prefácio, p. 14.

P.V.P.: 16,00 €
Comprar